DSP ON em Imperatriz Maranhão

Aconteceu no dia 23 de junho de 2104 mais um DSP On na cidade de Imperatriz – Ma na ABO para as turmas de especialização  em implantodontia. A P3 dental através de video conferencia acrescentou ao evento conhecimento que teve como regente do handson e aula teorica Diretor cientifico da DSP Biomedical Prof Msc Ricardo Toscano .

 

Cirurgia Guiada Passo a Passo. 

 

IMG_0215A fabricação de protótipos é um marco nas Engenharias, considerado um passo intermediário entre os estudos prévios de desenvolvimento e o produto final, auxiliar na avaliação da viabilidade dos projetos, evitando custos excessivos e possíveis defeitos de fabricação.

A era da osseointegração teve seu início a partir dos trabalhos publicados pelo professor Branemark no início da década de 1980. Todo o planejamento dos casos a serem reabilitados com implantes ósseo integráveis tinha como passo inicial a realização e a análise de exames radiográficos convencionais, que influenciavam principalmente na determinação do comprimento dos implantes, considerando a altura óssea disponível. Entretanto, decisões importantes como o posicionamento, a distribuição e as inclinações dos implantes eram tomadas apenas durante o transcirúrgico, considerando a análise do tecido ósseo disponível, o que, muitas vezes, levou à ocorrência de insucessos estéticos e funcionais.

Na área da saúde, tem-se utilizado rotineiramente, nos últimos anos, o planejamento pré-cirúrgico baseado em exames de Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética. Por meio dessas técnicas é possível reproduzir, tridimensionalmente, estruturas, porém exibindo-as em superfícies bidimensionais (ex: tela do computador), esse fato as torna representações da estrutura em 3D e não uma estrutura verdadeiramente tridimensional.

 

Prototipagem

Os Biomodelos são Protótipos biomédicos obtidos a partir de imagens tomográficas Computadorizadas Axiais (TCA), que têm como finalidade auxiliar no tratamento das deformidades.

Os protótipos vão permitir a obtenção de medidas das estruturas, simulação e planejamento cirúrgicos, diminuindo dessa forma, o tempo cirúrgico, o tempo de anestesia e o risco de infecção.

Para obtenção de um protótipo, de acordo com Carvalho12, (2007), seguem-se as seguintes etapas:

  • exame tomográfico computadorizado helicoidal ou volumétrico da região com cortes reformatados em um milímetro. A espessura dos cortes é o que determina a qualidade do modelo;
  • gravar as imagens no formato DICOM (Digital Imaging and Communications in Medicine) em uma das diversas mídias existentes;
  • enviar a mídia com as imagens para a empresa que produz o protótipo, podendo também ser enviada pela internet via FTP (File Transfer Protocol);
  • obtenção do protótipo Biomodelo.

Existem varias técnicas de prototipagem rápida para obtenção de biomodelos. As mais utilizadas são Estereolitografia (SLA), a Sinterização Seletiva a Laser (SLS), a Impressão Tridimencional (3D prin- ting), a Modelagem por Deposição Fundida (FDM), a PolyJet e a “Thermojet” (MJM). Todas baseiam-se na sinterização, aglutinação, polimerização ou solidificação de materiais específicos.

Na Odontologia, a prototipagem tornou-se útil na implantodontia, na cirurgia bucomaxilofacial, sendo menos utilizada no planejamento ortodôntico, para analisar o posicionamento real dos dentes.

O advento da prototipagem rápida como ferramenta de modelagem anatômica e os avanços da tomografia computadorizada contribuíram para um aumento na precisão das cirurgias de implantes.

Cirurgia guiada

IMG_0217Em Odontologia, mais especificamente na implantodontia e cirurgia bucomaxilofacial, cada vez mais os pacientes apresentam atrofia óssea, logo necessitam de enxertos ósseos. Diante disso, torna-se muito difícil prever resultados, o que gera uma cirurgia guiada por protótipos recomendada, pois consegue-se diminuir o tempo cirúrgico, a agressão ao tecido e ainda ter uma menor contaminação das áreas cirúrgicas adjacentes, possibilitando uma cicatrização mais rápida para o paciente.

Em implantodontia, a utilização de uma guia cirúrgica permite uma melhor emergência possível na prótese, isso depois de uma perfeita montagem dos dentes em cera e com a verificação da fonética, da oclusão e do corredor bucal. O guia cirúrgico é um diferencial para que se consiga um perfeito planejamento reverso, ou seja, dinâmica e estética agradáveis.

A confecção do guia cirúrgico antes da cirurgia possibilita ao implantodontista durante a implantação respeitar os limites mesio-distal, vestíbulo lingual e ápico-coronal.

 

 

IMG_0238      IMG_0226

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  1. Inokoshi M, Kanazawa M, Minakuchi S. Evaluation of a complete denture Trial method applying rapid prototyping. Dent Mat J 2012;31(1):40-6.
  2. Miyazaki T, Hotta Y, Kunii J, Kuriyama S, Tamaki Y. A review of dental CAD/CAM: current status and futu- re perspectives from 20 years of experience. Dent Mater 2009;(28):44-56.
  3. Kanazawa M, Inokoshi M, Minakuchi S, Ohbayashi N. Trial of a CAD/CAM system for fabricating complete dentures. Dent Mater J 2011;(30):93-6.
  4. Lo J, Chen Y. Three-Dimensional computed tomography imagin in craniofacial surgery: morphological study and cli- nical applications. Chang Gung Med J 2003;26(1):1-11.
  5. Stoetzer M, Rana M, See C, Eckard AM, Gellrich NC. Re- constrution of defects of maxillary sinus wall after remo- val of a huge odontogênica lesion using prebend 3D tita- nium-mesh and CAD/CAM technique. Head & Face Med 2011;7(21):1-3.
  6. Chaware SM, Bagaria V, Kuthe A. Aplication of the rapid prototyping techine to design a customized temporomandi- bular joint used to treat temporomandibular ankylosis. Im- plant News 2005;2(2):153-60.
  7. Russett S. Major P, Toogood R, Boulanger P. An Experimen- tal method fot stereolithic mandible fabrication and image preparation. The Open Biomed Engi J 2007;(1):1-8.
  8. Menezes PDF, Sarmento V, Lamberti P. Aplicação da pro- totipagem rápida em implantodontia. Innovations Imp J – Biomaterials and Esthetics. 2008;3(6):1-12.
  9. Jackson I, Xiao H, Ashtiani M, Berben L. Stereolithogra- phy model in presurgical planning of craniofacial surgery. 2009 [acesso em: 27 out. 2012]. P. 9-14. Disponível em URL: http://utwired.engr.utexas.edu/lff/symposium/proceeding- sArchive/pubs/Manuscripts/1996/1996-02-Jackson.pdf.
  10. Benazzi S, Fiorenza L, Kozakowski, S, Kullmer O. Compa- ring 3D virtual methods for hemimandibular body recons- truction. J Oral Maxilofac Surg. 2000;58(3):349-51.
  11. Meurer E, Oliveira MG, Meurer MI, Silva JVL, Bárbara AS, Heitz C. Os biomodelos de prototipagem rápida em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial. Academia Tiradentes de Odontologia 2007;5:349-73.
  12. Carvalho EM. Prototipagem na Odontologia: obtenção e uso. In: Congresso Internacional de Técnicos em Prótese Dentá- ria, 10. 11 a 13 de outubro de 2007. São Paulo; 2007.
  13. Sanghera B, Naique S, Papaharilaou Y. Preliminary suty of rapid prototype medical models. Rapid Prototyping J 2001;7(5):275-84.
  14. Balem FP. A utilização de Protipagem Rápida em Odontolo- gia [Tese de Doutorado]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2010.
  15. Mcallister MLM. Application of stereolithography to subperiosteal implant manufacture. J Oral Implantol 1998;24(2):89-92.
  16. Freitas Filho AR. Protipagem em Implantodontia e Cirurgia Guiada [Tese de Doutorado]. Rio de Janeiro: CIODONTO/ FAISA; 2010.
  17. Thomé G, Hermann C, Thomé JGP, Sartori IAM, Melo ACM. O uso da cirurgia guiada na reabilitação unitária em região estética. J ILAPEO 2009;3(3):1-5.
  18. Rosa ELS, Oleskovicz CF, Aragão BN. Rapid prototyping in maxillofacial surgery and traumatology: case report. Braz Dent J 2004;15(3):243-7.
  19. Thomé G, Borges AFS, Bernades SR, Golin AL, Buche A. Soluções virtuais para problemas reais. Jornal do ILAPEO 2009;3(3):6-13. RFO, Passo Fundo, v. 20, n. 1, p. 110-114, jan./abr. 2015 113
  1. Viana AV, Neves PJC, Madruga FATTA, Rocha RS, Carva- lho RWF. Cirurgia guiada virtual para reabilitação oral: revisão de literatura e relato de caso. Rev Cir Traumatol Buco-maxilo-facial 2009;9(2):45-52.
  2. Kawakami PY, Ferrari RB, Silva Neto UT, Almeida TE, Nascimento KG. Implantes zigomáticos: revisão de literatu- ra com estudo do índice de sucesso através de meta-análise. Rev Odontol Univ da Cidade de São Paulo 2011;23(1):51-8.
  3. Muerer MI, Muerer ES, Jorge VB, Ailton N, Luiz Felipe O, Marilia SD. Aquisition and manipulation of computed to- mography images of the maxillofacial region for biomedical prototyping. Radiol Bras 2008;41(1):49-54.
  4. Pozzi A, De Vico G, Sannino G, Spinelli D, Ottria L, Barlat- tani A.Flapless trascrestal Maxillary sinus floor elevation: computer guided implant surgery combined with expan- ding-condensing osteotomes protocol. Oral & Implantology 2011;4(1):4-9.
dspon

Comentários

comentários