Procedimentos assistidos por computador na odontologia.

Os procedimentos cirúrgicos assistidos por computador (CAS) agregam a atuação do cirurgião na área de implantodontia  precisão e possibilidade de minimizar a invasividade dos procedimentos. (1)

Durante o consenso de procedimentos clínicos para aplicação destas tecnologias definiu os termos de cirurgia guiada por computador como sendo a aplicação de uma guia que reproduz a posição do implante planejado em software específicos e não permite a realização de modificação da posição do implante no trans operatório diferente da cirurgia computadorizada conhecida como cirurgia navegada, que utiliza de um sistema de navegação cirúrgica que reproduz a posição virtual do implante planejado em software especifico diretamente dos dados tomográficos e permite a realização de alterações na posição do implante no trans operatório.(2)

As considerações descritas no consenso estão relacionadas a visualização do volume ósseo pré-operatório utilizando sistemas de planejamentos específicos alimentados pelos arquivos gerados pela tomografia computadorizada. Ao se visualizar o volume ósseo podemos determinar a posição, diâmetro, quantidades e posicionamento dos implantes no leito ósseo com mais precisão e respeito aos limites biológicos dos tecidos periimplantares para atingir melhores indices de sobrevivência. O aumento da precisão cirúrgica proporcionada por esta modalidade cirúrgica viabilizada a cirurgia Flapless reduzindo morbidade, e a redução de enxerto pela possibilidade de aplicar a terapia de implante em areas ósseas  limítrofes e de estrutura anatômica complexa, e uma resolução protética final otimizada.(2)

 

Para se atingir esses resultados é necessário a integração de sistemas cyber físicos como:

 

  1. a) Tomografia computadorizada: Permite visões tridimensionais da região e anatomia da area de interesse e permitem vários formatos e cortes e auxiliam na medição do volume ósseo e potência a inclusão de toda a documentação radiografia necessária para um planejamento virtual. pré-cirúrgico.(4,5, 6,7)

 

  1. B) Software de planejamento de implantes: As imagens da tomografia computadorizada são convertidos arquivos DICOM para leitura do software especifico. Permitindo uma visualização tridimensional sem distorções da area de interesse em vistas axiais, sagitais, coronais, panorâmicas, transversais e produz reconstruções tridimensionais. O software de planejamento do implante permiti a pré-determinação do posicionamento, dimensão, quantidade de implantes, e do pilar e desenho restauração protética. Evita quaisquer complicações possíveis nas variáveis descritas no consenso,sendo passível de correção neste ambiente virtual. (8,9,10,11)

 

  1. c) Tecnologia – CAD (Computer -Aided- Design) / CAM (Computer -Aided- Manufacturing):

 

 

02

Cortes

A transferência do plano de tratamento virtual para o tratamento efetivo do paciente e possível devido a técnica CAD/CAM que é usada nos dois sistemas de cirurgia guiada (12,13,14 ). Na modalidade cirurgia guiada por computador (estática) utiliza guias no campo operacional com orifícios para uso de fresas e instalação dos implantes no leito cirúrgico, fabricadas através de tecnologias de prototipagem rápida, facilitando o procedimento cirúrgico minimamente invasivo com guias aumentando a previsibilidade cirúrgica(14,15 )  . Na modalidade cirurgia computadorizada (Navegada) permite a construção pré-cirúrgica do elemento protético e restaurações de precisão personalizadas, é a comunicação do plano de tratamento virtual para o campo operatório com ferramentas de imagem visual em um monitor de computador sem utilização de guias (16,17,18, 19  )

 

 

 

Planejamento VIrtual em 04 telas

Planejamento Virtual em quatro telas

 

raiox

Check list

Aconteceu no dia 19 de maio de 2017 na Instituição Plus Maxillares na cidade de Pouso Alegre- MG  que tem a coordenação de  Dra. Juscelia Dias Rosa, Dr. Nereu Dias e Dr. Agnaldo Lima o curso de procedimentos assistidos por computador (CAS), cirurgia guiada modalidade estática. O curso com embasamento teórico, hands On e cirurgia demonstrativa foi ministrado pelo Diretor Cientifico da DSP Biomedical, Prof. Msc Ricardo Toscano, tendo a participação da P3 protótipos com Webinar direto de Porto Alegre-RS explanando sobre planejamento digital no soft P3 Dental, a DSP Biomedical aplica o conceito de Gestão de suporte interativo ao ensino a distância na implantodontia.

O planejamento para a cirurgia demonstrativa seguiu o fluxo de trabalho proposto pela P3 Dental para elementos unitários. Tomografia computadorizada da area de interesse e envio do arquivo DICOM para P3med e ainda envio do modelo fisico para escaneamento e conversão em arquivo STL pela empresa de prototipagem. Apos a conversão dos arquivos para o software P3 Dental foi executado o planejamento e aprovado para confecção da guia. Junto a guia a empresa encaminhou anexo um check list com observações referente a perfuração.

curso

Dr. Agnaldo Lima coordenador do curso operou com o Kit fit Guide sob monitoramento do Prof.Msc Ricardo Toscano.

 

 

Referências Bibliográficas

(1) Ruppin, Jörg, et al. “Evaluation of the accuracy of three different computer‐aided surgery systems in dental implantology: optical tracking vs. stereolithographic splint systems.” Clinical oral implants research 19.7 (2008): 709-716.
(2) Hammerle CHF, Stone P, Jung RE, et al. Consensus statements and recommended clinical procedures regarding computerassisted implant dentistry. Int J Oral Maxillofac Implants. 2009; 24 (Suppl): 126-130.
(3) Lee, Edward A. “Cyber physical systems: Design challenges. Öbject Oriented Real time Distributed computing (ISORC), 2008 11 th Symposium on. IEEE,2008.
(4) Schwarz, Melvyn S., et al. “Computed tomography: Part I. Preoperative assessment of the mandible for endosseous implant surgery.” International Journal of Oral & Maxillofacial Implants 2.3 (1987).
(5) Steenberghe, Daniel, et al. “A computed tomographic scan–derived customized surgical template and fixed prosthesis for flapless surgery and immediate loading of implants in fully edentulous maxillae: A prospective multicenter study.” Clinical implant dentistry and related research 7.s1 (2005): s111-s120.
(6) Fortin, Thomas, et al. “Computer-assisted dental implant surgery using computed tomography.” Journal of image guided surgery 1.1 (1995): 53-58.
(7) Watanabe, Eiju, et al. “Three-dimensional digitizer (neuronavigator): new equipment for computed tomography-guided stereotaxic surgery.” Surgical neurology 27.6 (1987): 543-547.
(8) Hata, Nobuhiko, et al. “MR Imaging-guided Prostate Biopsy with Surgical Navigation Software: Device Validation and Feasibility 1.” Radiology 220.1 (2001): 263-268.
(9) Luebbers, Heinz-Theo, et al. “Comparison of different registration methods for surgical navigation in cranio-maxillofacial surgery.” Journal of Cranio-Maxillofacial Surgery 36.2 (2008): 109-116.
(10) Gering, David, et al. “An integrated visualization system for surgical planning and guidance using image fusion and interventional imaging.” Medical image computing and computer-assisted intervention–MICCAI’99. Springer Berlin/Heidelberg, 1999.
(11) Simon, David Anthnoy, et al. “Trajectory storage apparatus and method for surgical navigation system.” U.S. Patent No. 6,535,756. 18 Mar. 2003.
(12) FUSTER-TORRES, Ma Angeles et al. CAD/CAM dental systems in implant dentistry: update. Med Oral Patol Oral Cir Bucal, v. 14, n. 3, p. E141-5, 2009.
(13) Marchack, Christopher B. “CAD/CAM-guided implant surgery and fabrication of an immediately loaded prosthesis for a partially edentulous patient.” The Journal of prosthetic dentistry 97.6 (2007): 389-394.
(14) Sanna, Anna M., Liene Molly, and Daniel van Steenberghe. “Immediately loaded CAD-CAM manufactured fixed complete dentures using flapless implant placement procedures: a cohort study of consecutive patients.” The Journal of prosthetic dentistry 97.6 (2007): 331-339.
(15) Yong, Loong Tee, and Peter K. Moy. “Complications of Computer‐Aided‐Design/Computer‐Aided‐Machining‐Guided (NobelGuide™) Surgical Implant Placement: An Evaluation of Early Clinical Results.” Clinical implant dentistry and related research 10.3 (2008): 123-127.
(16) Bucholz, Richard D., et al. “Surgical navigation systems including reference and localization frames.” U.S. Patent No. 6,236,875. 22 May 2001.
(17) Bucholz, Richard D., et al. “Surgical navigation systems including reference and localization frames.” U.S. Patent No. 6,490,467. 3 Dec. 2002.
(18)Bucholz, Richard D., et al. “Surgical navigation systems including reference and localization frames.” U.S. Patent No. 7,139,601. 21 Nov. 2006.
(19) Simon, David Anthnoy, et al. “Trajectory storage apparatus and method for surgical navigation system.” U.S. Patent No. 6,535,756. 18 Mar. 2003.
(20) www.p3dental.com.br

Comentários

comentários