Vantagens do uso de software para planejamento Cirúrgico

Untitled-1

 

Estamos vivenciando um novo  caminho na implantodontia, abrindo possibilidades infinitas no planejamento cirúrgico-protético: as chamadas cirurgias virtuais guiadas e o estrondoso desenvolvimento da imaginologia, mostrando ser possível materializar na escala de 1:1 as estruturas anatômicas assim como as imagens volumétricas, cujo nome genérico foi denominado “prototipagem rápida biomédica”.

A realização da tomografia computadorizada (TC) associada à conversão de imagens, aplicadas em softwares específicos, possibilita um planejamento virtual do ato cirúrgico, tornando possível visualizar em modelo tridimensional a relação dos implantes com a anatomia do paciente . Além da segurança no procedimento e na previsibilidade do caso, a cirurgia guiada sem retalho é uma técnica pouco invasiva, sendo o guia cirúrgico posicionado diretamente na mucosa, e somente o tecido por onde passam os implantes é removido. Dessa forma, sintomas pós-operatórios, como dor, edema e inflamação são bastante reduzidos, fazendo com que o paciente tenha um pós-operatório mais confortável, possibilitando o retorno a suas atividades profissionais e sociais em um menor intervalo de tempo.

VANTAGENS DA CIRURGIA GUIADA

. Redução dos sintomas pós operatórios (dor, edema e inflamação)

. Redução do tempo cirúrgico

 

O correto posicionamento dos implantes permite a facilidade nos procedimentos protéticos. Para isso, deve-se realizar um planejamento minucioso dos sítios ósseos e das angulações das implantações, sendo necessária a utilização de um dispositivo de transferência, como um guia cirúrgico confeccionado em acrílico, devendo este ser estável e rígido. O planejamento por meio do estudo da estrutura óssea fidedigna minimiza as variáveis relacionadas com as fases cirúrgicas e protéticas. O uso de biomodelos permite reduzir o tempo das intervenções cirúrgicas, trazendo mais conforto ao paciente assim como reduz, também, a possibilidade de erros cirúrgicos.

 

Sistemas de imagens tridimensionais, associados ao conceito de estereolitografia, tornam possível a confecção de protótipos e guias cirúrgicos por meio de modelagem computacional. Essa técnica permite simulação gráfica da instalação dos implantes assim como a fabricação de templates cirúrgicos. Os Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-fac., Camaragibe v.9, n.2, p. 45 – 52, abr./jun.2009 VIANA NETO et al. 47 dados obtidos nas reconstruções tridimensionais (3D) atingem objetivos importantes do planejamento com implantes, entre eles a determinação da quantidade e qualidade de osso disponível, visualização detalhada das condições anatômicas, seleção dos implantes, e, ainda, a simulação da instalação destes (cirurgia virtual)10.

 

Com a técnica da cirurgia guiada virtual, o planejamento se torna computadorizado, em um ambiente 3D. O programa permite a visualização concomitante dos três planos espaciais das estruturas ósseas e dentais a serem reabilitadas na mesma imagem. Este recurso permite o planejamento da colocação dos implantes em regiões com quantidade óssea adequada, inclinações favoráveis e posicionamento ideal. Depois de aprovado o plano de tratamento, prossegue-se a confecção do guia cirúrgico personalizado.

 

11 13 14

 

Comentários

comentários